Noite estrelada

Lá vem ele,
passando todo perfumado
– conquista quem o vê.
Baila na sintonia noturna
que entreva teu coração
e sobe-lhe imensa adrenalina.
Baila, menino!
Ah, se soubestes como mexes comigo…
Vá, baile… Brinca com meu coração!
Ele brinca porque sabe de seu charme…
Sabe sim!
– Baila, menino!
Que enquanto tu baila,
eu o admiro… Cobiçando-o…
Diga-me por que fazes isso?
Por que brincas com meu coração?
– Baila, menino!
Baila, que nessa noite estrelada,
Fico aqui da varanda,
vendo-lhe…
Apossar-se do meu coração.

Anúncios

2 comentários Adicione o seu

  1. Jose disse:

    Bacana esse troço de achar bonito.
    Gostei do que vi, do que li, até pude imaginar o balançar nos paços.
    Sorte de quem pode por na escrita uma viagem própria e embalar os outros.

    Xero, Jornalista.

    Curtir

    1. Luana Reis disse:

      Muito obrigada, José!

      Forte abraço!

      Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s