Livres

Quando aceitei o fim, Que não havia mais razão Pela qual tentar segurar tuas mãos, O peito não chiou. Pensava que desabaria, Que correria em sua direção Clamando um retorno. Mas foi quando me soltei Das amarras dessa ilusão Que caí – sim caí! Caí em um voo livre e necessário E não me debati…

Obrigada, 2017

2017, você chegou com um quê de esperança, mas não ficou só nisso. Fostes extremamente louco, meu caro. Em uma reta numérica você percorreu os dois polos. De cabo a rabo. Mesmo assim, sobrevivi, meu querido. Muito obrigada. Em 2017 eu continuei no meu terceiro – e mais intenso – estágio. Mudei de equipe, consegui…

Nada muda

unsplash-logoBekah RussomQue quando você acordar Estará com um corpo desconhecido ao lado Mas ela, as outras, seja quem for Não vão suprir a lacuna. Não vão, meu bem. Vais tatear o corpo da estranha, A mão percorrerá a cintura, Acariciará a barriga, Os seios… Tu vais excitá-la enquanto ela dorme. Mas não, meu bem, ela…

Amar você é uma doença

unsplash-logoClem OnojeghuoEntrei no jogo e aceitei quase todas as regras. Risquei algumas do contrato, contestei, mostrei minha versão e você aceitou. Sugeri que aquela garota fosse tirada do campo, do lance. Você o fez. Que droga, né? Que horrível tudo isso… Porém, não. Não vejo problema nisso. Você sabe que sou pior que todo mundo…

Você era outro

Quando nada tinha acontecido Tu eras tão doce, tão atencioso… Eras você mesmo. Ao menos parecia. Mas foi só nos aproximarmos E a convivência, Os quase quatro meses mostraram a raiva, A brutalidade, o descaso E a impaciência que na tua carcaça residem. E as palavras bastaram, meu bem. Cravadas feito uma faca no peito,…

Baby boy

Milada VigerovaBaby boy, quando você partir e a bad bater me restará a cerveja. Mas veja que a perda é mínima e, quem de fato tem de se preocupar, é você. Vais recorrer a quem? Às putas? Pode até ser, mas vive mais quem se preserva, afinal. E sim, baby boy, estou me preservando –…

Partida forçada

Junto as roupas, apago meu número de sua agenda eletrônica, acendo um cigarro e ajeito a calça. Ainda insisto em olhar em volta para me certificar de que não esqueci nada e percebo que você segue adormecido. Sempre foi assim. Você notou que eu estava ali em algum momento? Vai notar hoje, mais tarde, ou…

O verdadeiro jogador Tricolor em 2017.

Publicado originalmente em Um Coração de Cinco Pontas:
2017 parecia um ano diferente, Rogério era técnico, a gente já enchia estádio desde a primeira rodada do Paulista. Um campeonato amador foi ganho em cima de nosso maior rival. O time contava com nomes que no olhar do São Paulino mais fervoroso era sabido, “não…

O bêbado cantor

Eram cinco horas da manhã quando a vizinhança do bairro Jardim São Manoel foi acordada por um grupo de ao menos cinco homens. Eles portavam um violão e uma dose de audácia. O bando estava bem em frente à minha casa, no meio da rua, cantando e em alguns momentos gritando letras aleatórias que caracterizam…

Incompatibilidade

Que o meu mal é ser demais Para quem simplesmente não é – e nunca está. É me dar por completo no ato – e veja que ato pode ser qualquer coisa. Que no jogo da vida eu aposto as fichas E espero para matar o que vier no peito, Mas nem sempre há alguém…

Da vontade de desistir

Tente lembrar o dia em que anunciastes teus sonhos, menina. Das reações que despertou, da força interna que teve de criar/gerar, deixar fluir. Lembre das noites em que todos dormiam na velha e grande casa, enquanto você oscilava por entre os cômodos e observava a lua, lá no alto, como se algum dia pudesse alcançá-la…

Dos agradecimentos

Pelo toque na pele, O atrito, O cheiro, O calor, O contato por si só. O corpo inteiro E a alma conduzem À transcendência Pelo ímpeto envolvido. E quando se vai, Quando acaba A pele enrijece Como se gritasse, Como se exigisse um Round 2, uma repetição. Mas resta o agradecimento Pela experiência compartilhada, O ápice…